Dia do Amor: 4 coisas que você não sabia sobre a data

dia do amor - 4 fatos que você não sabia sobre a data

Dia do Amor: 4 coisas que você não sabia sobre a data

O Dia do Amor, Dia de São Valentim ou como é popularmente conhecido “Dia dos Namorados” se aproxima. Essa é uma das datas mais importante do ano para apaixonados, o comércio e também… A cultura?! 

Para o Dia do Amor, nós contaremos 4 coisas que você NÃO sabia sobre a data. 

Dá só uma olhadinha: 

#1. A origem do Dia dos Namorados 

Valentine era um nome comum na Roma antiga e a Igreja católica reconhece três santos diferentes chamados Valentine. 

Uma das histórias diz que Valentim era um sacerdote na Roma do século III, na época do imperador Cláudio II. Quando o imperador proibiu o casamento de homens jovens, pois acreditava que homens solteiros eram melhores soldados, Valentim desafiou Cláudio e secretamente realizou casamentos para os jovens pombinhos. Ele foi descoberto, capturado e executado. No final do século V, o Papa Gelásio declarou o dia 14 de fevereiro como o Dia dos Namorados para comemorar sua morte. 

Mas não para por aí! Uma outra história diz a origem do dia dos namorados é São Valentim de Terni, um bispo. Ele também foi decapitado por Claudius II fora de Roma. 

E uma lenda, conta a história de um Valentim que preso se apaixonou por uma jovem que o visitou durante o confinamento. Antes de sua morte, ele escreveu a ela uma carta assinada “De seus namorados”. 

Na Idade Média, Valentim se tornou um dos santos mais populares na Inglaterra e na França. E 14 de fevereiro se tornou o Dia dos Namorados ❤ 

 

#2. Porquê o Dia dos Namorados no Brasil é comemorado em 12 de junho 

Apesar do mundo inteiro comemorar a data no dia 14 de fevereiro, no Brasil comemoramos no dia 12 de junho. A data foi criada em 1949 pelo então publicitário João Dória (pai do atual governador de São Paulo) para uma campanha publicitária da Lojas Clipper. 

Clipper/ Reprodução (Imagem retirada do Brasil de Fato)

 

#3. Presentear com flores é uma tradição milenar 

A tradução de apresentar com flores começou no século Xvll, quando o rei Carlos ll da Suécia aprendeu sobre elas durante uma viagem à Pérsia, ele é o responsável pela introdução da tradição na Europa. Rosas vermelhas, por exemplo tem um significam “amor profundo”. Mas foi na Era Vitoriana que trocar rosas vermelhas no Dia dos Namorados tornou-se popular. 

Há quem goste de presentear de outras maneiras, o importante é celebrar o amor e a companhia de quem a gente mais ama ❤️

 

#4. O Dia dos Namorados pode não ser sobre comemorar um “namoro” 

Aqui na Herself preferimos o termo “Dia do Amor” para celebrar os diversos momentos e pessoas que fazem parte da nossa vida, inclusive nós mesmos. O Dia do Amor é uma celebração em torno desse sentimento inexplicável que nos atravessa diariamente, capaz de curar feridas e realizar coisas incríveis. 

Aproveite o Dia do Amor para cuidar de você, ouvir uma playlist gostosinha, compre um presente para si mesmo e revolucione seu ciclo com autocuidado, carinho consigo mesmo e muito conforto. Que tal começar pela Ceci? Ela é fininha, discreta e possui 4 camadas de tecido absorvente e tratamento antimicrobiano… A Ceci é perfeita pra você se sentir linda e segura durante o período menstrual.

 

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0
Herself